domingo, 16 de novembro de 2008

O sol virá...

O dia terminou com um pesado aguaceiro. As plantas do meu jardim foram encurvadas pela força da chuva.

Uma flor de que eu gostava muito e havia admirado por sua beleza e perfume estava lá, exposta ao temporal.

Sua haste encurvou-se. A flor pendeu, cerrou as pétalas. Vi o fim da sua glória e pensei: "tenho de esperar um ano inteiro para ver outra beleza igual".

A noite passou e veio a manhã; novamente o sol e o ar da manhã trouxeram novas forças à flor.

A luz a olhou, houve contato e comunhão e a energia passou para a flor.

Ela se ergueu, abriu as pétalas, retomou sua glória e pareceu mais bela que antes.

Fico pensando como se terá passado isso. Aquela planta frágil, em contato com a luz, ganhando força.

A tribulação pode até durar uma noite, mas o sol sempre surgirá novamente. Ainda que seja a estação das cheias e você pense que a chuva jamais cessará. O sol virá....O sol virá...

Adaptado de Mananciais no Deserto
Foto 1: http://fotos.sapo.pt
Foto 2: Raquel Tinoco

11 comentários:

Clarice disse...

Muito lindo e profundo!!! Precisamos ler essas maravilhas para um momento de paz e reflexão, ou seja, para revigorar o nosso espírito e continuar estudando!!! É o nosso alimento!
bjs

Professora Raquel Tinoco disse...

Obrigada, Clair. Desculpe, é uma mania. Eu sempre arranjo um apelido carinhoso para os alunos e para os que me cercam. Deus a abençoe.

Clarice disse...

Esse apelido que v. arranjou é exatamente o nome do meu irmão...que infelizmente já faleceu... bjs

Professora Raquel Tinoco disse...

Ah, perdoe-me. Não tive a intenção. Sei o que é perder pessoas queridas. Perdi um irmão querido, mais meu pai que irmão, em 1987. Perdi meu pai em 2004 e perdi um sobrinho maravilhoso em 2006. Esse sobrinho estará em meu blogue no domingo, dia 23. Beijos e mais uma perdoe-me, Clarice.

Amor maior disse...

Gostaria de cumprimentar o teu blog, e dizer que muito tem me ajudado nos estudos para o MTE. Tenho uma dúvida e gostaria se puderes me esclarecer. Na legislação específica do MTE, muito tem divergido da atual aplicada pelo MTE, constante do site, como por exemplo com relação ao seguro-desemprego. Será que o Cespe vai se basear na lei dada no edital e vai ignorar as leis já revogadas?
Gostaria de convidá-la a visitar os meus blogs:www.sporamor.blogspot.com
www.consolacaodeamor.blogspot.com
Fica na paz! Ane/ Rio Grande do Sul.

Professora Raquel Tinoco disse...

Oi Ane, tudo bem? Já visitei seus blogues e já os adicionei à minha lista. Gostei muito. Obrigada pela visita e seja bem-vinda. Acho que os alunos devem se restringir ao edital. O Cespe não poderá ir além dele e se for, cabe recurso. Entretanto, quero que observe que, mesmo o Cespe, indica a vcs que muitas normas não vêm sozinhas, mas acompanhadas das devidas atualizações, por exemplo, a citada por vc: "Seguro-desemprego: Lei n.º 7.998/90 e alterações". Então, vc precisa da norma atualizada até a data do edital. Ajudei?

Anônimo disse...

...E vc sempre dando esses afagos ao nossos corações hein Raquel..! Que coisa linda...obrigada! Quero sempre estar de coração aberto esperando a chegada do sol!
Bom fim de semana,
Beijos e muito "calorzinho" do sol a vc também!
Sua aluna - Guerra
Cláudia Gonçalves

Professora Raquel Tinoco disse...

Obrigada, Cláudia. Beijos

Professora Raquel Tinoco disse...

Obrigada Clarice pela compreensão.

"Não Raquel, não precisa se desculpar... a minha colocação foi até por achar interessante, vc ter feito uma tentativa de abreviatura que compôs o nome dele...enfim ele tb foi meu pai, pq nossa diferença era de 25 anos, outra coincidência...mas v. pode deixar a abreviatura, não tem qq problema, só registrei.
Mas, mudando o rumo... V. tem intenção de fazer outras avaliações sobre a legislação do MTE? Eu pensei em eu mesma fazer, mas não tem a mesma conotação...É preciso pensar nas pegadinhas... e só outra pessoa fazendo...

bjs."

Amor maior disse...

Oi Raquel ajudou sim, esse já era o meu pensamento, é que tem muita gente deixando de lado o edital e vai se dar mal. Eu também penso que o Cespe é bem radical quanto ao edital, estou estudando restritamente em cima dele. Todos os dias abro o teu blog para acompanhar as tuas dicas. Faltam mais pessoas como você nesse mundo para compartilhar o conhecimento como tu compartilhas. Tenho certeza que Deus tem te abençoadodo muito com isso. Abraços!

Professora Raquel Tinoco disse...

Ok Ane. Obrigada e Deus a abençoe. Beijos

Tudo começou quando...

meus sobrinhos, e não são poucos, resolveram fazer concurso para o Tribunal de Justiça.

Eu já estava trabalhando como Auxiliar Judiciário, aprovada no concurso de 1993. Pediram-me que desse aulas.

Então nos reuníamos na casa de um deles aos finais de semana e estudávamos. Comecei a elaborar apostilas que eram chamadas por eles de "apostilas da Que-Quel".

Ah, devo dizer que também não foi fácil pra mim.

Sou caçula de uma família com dez filhos.

Meus pais, muito humildes, não podiam fazer mais do que faziam. Todos tivemos que nos virar muito cedo.

Mas eles estavam ali.... movidos de esperança. Me ensinaram que nunca devemos desistir dos nossos sonhos, não importa quantas vezes choremos... não importa se não chegamos em primeiro lugar... não importa se não alcançamos nossos alvos na primeira tentativa... não importam as adversidades... apenas continuem, dizia meu pai. E o via ali, praticando, ele mesmo, tudo o que ensinava.

E segui.

E então, como dizia, comecei a elaborar apostilas que foram ficando famosas... rsrs


No Fórum onde trabalhava, os colegas começaram a pedir que desse aulas. Mudei o local para minha casa e começamos a estudar.

E veio o concurso de 1997. Prova difícil.
Não obtiveram o êxito esperado. Mas não desistimos.

E veio o concurso de 2001. Estava já há algum tempo no TJ e resolvi que precisava mudar de cargo. Precisava passar para Analista. O que fazer? Pedi um mês de licença-prêmio e me tranquei em casa.

Prestem atenção. Tranquei-me!!! O tempo jogava contra mim. Minha licença foi deferida para 1º de julho de 2001 e a prova seria vinte e um dias depois.


Passava os dias lendo Codejrj e Estatuto e gravando a minha própria voz para escutar mais tarde, enquanto fazia outras tarefas.

Estudei o que pude, como pude.


E aí... em 2001 fui aprovada para Analista Judiciário (antigo Técnico Judiciário Juramentado). Gabaritei as questões de Codjerj e Estatuto.

Pouco tempo depois, estava trabalhando, quando um amigo, Vinícius, sabendo que eu havia gabaritado essas matérias, me convidou para dar aulas em Campo Grande-RJ.

Fui, morrendo de medo. Frio na barriga. Mas fui...

Lembra?? Jamais desistir!


Parece que gostaram... Daqui a pouco, ele mesmo , Vinícius, ao ser convidado para dar aulas em um curso da Barra, indicou meu nome para substituí-lo.

E lá fui eu... e assim, foram conhecendo meu trabalho.

Logo, estava sendo convidada para outro curso... e outro... e outro...


E tenho dado aulas desde então. A cada concurso, um novo desafio.

As apostilas da "Que-Quel" foram transformadas em apostilas da Professora Raquel Tinoco.

Amanda, minha sobrinha, está hoje no TJ-PR.

Outros sobrinhos seguiram rumos diferentes, sempre em frente, sempre na direção de seus sonhos. Estão chegando lá.


Meus alunos se tornaram meus amigos e isso me faz seguir.

Meu maior incentivo?? É acompanhar cada resultado e torcer por:

Admares, Alessandras, Alexandres, Alines, Amandas, Andréias, Andrezzas, Anicks, Arianes, Biancas, Bias, Brunos, Calixtos, Carlas, Carlos, Carlinhos, Carolinas, Carolines, Cidas, Christians, Constanças, Cristianes, Daniéis, Danielles, Deises, Denises, Diogos, Drês, Dris, Eneas, Fabíolas, Fábios, Fernandas, Filipes, Flávios, Freds, Giselas, Giseles, Ghislaines, Glórias, Hannas, Henriques, Ianos, Ilanas, Isabéis, Isabelas, Israéis, Ivanas, Ivans, Izadoras, Jackies, Jacques, Janes, Joões, Jeans, Julianas, Kayenes, Kátias, Lenes, Léos, Lúcias, Lucianas, Ludymilas, Luízas, Luzias, Magnos, Marcelas, Marcélis, Marcellas, Marcelles, Márcias, Marcys, Marianas, Marias, Megs, Meles, Mônicas, Patrícias, Pattys, Paulos, Pedros, Pritzes, Rafas, Rafaéis, Raphas, Raquéis, Renatas, Renées, Robertas, Robertos, Rodrigos, Rogérias, Silvanias, Simones, Sérgios, Suelens, Suellens, Tassianas, Tatis, Vanessas, Vicentes, Wilsons....

Deus os abençoe.

não desista!

não desista!

Postagens

Blogs & Sites

 

Proibida a cópia, sem autorização, dos textos, fotos e material de aula aqui apresentados©2009 Professora Raquel Tinoco | by TNB