segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Ei, 2010 promete!!!!

Concursos previstos para 2010 devem oferecer 375 mil vagas

O número de vagas previstas que devem ser abertas por meio de concursos públicos em 2010 já chega a 375.033, segundo levantamento feito pelo G1, sem contar as instituições que lançarão concursos para cadastro de reserva.

Só no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), para a realização do Censo de 2010, serão abertas 200 mil vagas para recenseador, que exige nível fundamental.

Entre as vagas levantadas estão cargos que foram criados, vagas que já foram autorizadas e as que aguardam autorização dos respectivos órgãos competentes.

No caso da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal, a realização de concursos para mais de 5 mil vagas na área administrativa ainda depende de aprovação do Ministério do Planejamento.

No estado de São Paulo somente as secretarias estaduais de Educação e Saúde preveem concursos para 146.676 vagas - nesse caso as vagas já foram autorizadas.

Orçamento

Segundo o Ministério do Planejamento, para 2010, o Orçamento prevê 40 mil novas vagas e a substituição de 15 mil terceirizados. De acordo com o secretário de Gestão, Marcelo Viana, as próximas substituições na administração direta serão focadas em terceirizados de nível superior, particularmente, nas áreas de ciência e tecnologia e social.

Na administração indireta, para onde não há compromisso formal com o Ministério Público do Trabalho para substituir terceirizados - por enquanto apenas uma recomendação - serão efetuadas substituições por meio de concurso nas universidades e hospitais, incluindo os hospitais universitários.

Ano de eleições

Em ano de eleições, a lei 9.505/97 restringe apenas a nomeação, contratação ou admissão do servidor público nos três meses que antecedem o pleito até a posse dos eleitos, restrição feita à esfera em que ocorre a eleição, no caso deste ano, no âmbito estadual e federal.

As nomeações podem ser feitas em qualquer período do ano se a homologação do concurso for feita até três meses antes das eleições - no caso, até julho. Já em âmbito municipal as nomeações ocorrem sem restrições.

Confira abaixo vagas, cargos, salários e previsão de editais.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)
207 vagas para técnico administrativo (nível médio), analista administrativo e especialista em regulação e vigilância sanitária (nível superior)
Salários: de R$ 4 mil a R$ 8,3 mil

Arquivo Público do Estado de São Paulo
60 vagas para executivo público (nível superior)
Salário: R$ 2,2 mil

Banco do Brasil
Formação de cadastro de reserva para escriturário (nível médio) nos estados de Mato Grosso, Tocantins, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e interior de São Paulo.
Salário: R$ 1.416, mais R$ 371,36 de ajuda alimentação e R$ 239,36 de cesta alimentação

Cobra Tecnologia (empresa integrante do Banco do Brasil)
1.256 vagas imediatas e 5.224 vagas para formação de cadastro (níveis fundamental, médio e superior)
Salários: não foram informados

Comissão Nacional de Energia Nuclear

36 vagas para pesquisador (nível superior)
66 vagas para tecnologista (nível superior)
55 vagas para técnico (nível médio)
13 vagas para analista em ciência e tecnologia (nível superior)
33 vagas para assistente em ciência e tecnologia (nível médio)
Salários:
R$ 5,1 mil para pesquisador
R$ 4.549,63 para tecnologista e analista
R$ 2.504,68 para técnico e para assistente em ciência e tecnologia
Organizadora: Fundação Conesul

Comissão de Valores Mobiliários (CVM)
90 vagas de analista (nível superior)
20 vagas de inspetor (nível superior)
55 vagas para agente executivo (nível médio)
Salários:
R$ 4.490,42 (nível médio)
R$ 10 mil (nível superior)

Defensoria Pública da União (DPU)
134 vagas para defensor (nível superior em direito)
70 vagas para agente administrativo (nível médio)
88 vagas para analista técnico administrativo (nível superior)
10 vagas para arquivista (nível superior)
20 vagas para assistente social (nível superior)
10 vagas para bibliotecário (nível superior)
18 vagas para contador (nível superior)
20 vagas para economista (nível superior)
5 vagas para psicólogo (nível superior)
20 vagas para sociólogo (nível superior)
30 vagas para técnico em assuntos educacionais (nível superior)
20 vagas para técnico em comunicação social (nível superior)
Salários:
R$ 2,3 mil (nível médio)
R$ 3,5 mil (nível superior)
R$ 14 mil (defensor)

Detran do Distrito Federal
100 vagas de agente de trânsito
Nível superior
Salário: não informado

Exército
248 vagas para técnico de tecnologia militar (nível médio)
43 para analista de tecnologia militar (nível superior)
30 vagas para engenheiro de tecnologia militar (nível superior)
Salários: não informados

Fundação de Atendimento Socioeducativo de Pernambuco
1,4 mil vagas para agentes socioeducativos, psicólogos, assistentes sociais, pedagogos e advogados (nível médio e superior)
Salários: não informados

Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho (Fundacentro)
28 vagas para técnico (nível médio)
8 vagas para assistente em ciência e tecnologia (nível médio)
1 vaga para pesquisador (nível superior)
15 vagas para tecnologista (nível superior)
11 vagas para analista em ciência e tecnologia (nível superior)
Salários: não informados

Fundação Nacional do Índio (Funai)
200 vagas para indigenista especializado (nível superior)
150 vagas para agente em indigenismo (nível médio)
75 vagas para auxiliar em indigenismo (nível fundamental)
Salários: de R$ 1,6 mil a R$ 2,5 mil
Organizadora: Instituto Cetro

Fundação Nacional de Saúde (Funasa)
38 vagas para médicos (nível superior)
233 vagas distribuídas aos cargos de enfermagem, odontologia, nutrição, epidemiologia, antropologia, saúde pública, estatística, assistência social, biologia, farmácia, medicina veterinária, pedagogia e psicologia (nível superior)
169 vagas distribuídas nos cargos de administração, ciências contábeis e economia (nível superior)
36 vagas para técnico em contabilidade (nível médio)
326 vagas para a área de suporte operacional (nível médio)
Salários: não informados
Organizadora: Fundação Dom Cintra

Fundação Osvaldo Cruz
120 vagas para assistente técnico (nível médio)
366 vagas para técnico em ciência, tecnologia, produção e inovação em saúde (nível médio)
402 vagas para analista (nível superior)
675 vagas para tecnologista (nível superior)
250 vagas para pesquisador (nível superior)
150 vagas para especialista em ciência, tecnologia, produção e inovação em saúde (nível superior)
Salários: de R$ 1,7 mil a R$ 14,3 mil

Governo do Distrito Federal
50 vagas de auditor fiscal (nível superior)
Salário: R$ 14.729,69

Governo Federal
2,4 mil vagas de analista técnico de políticas sociais (nível superior)
Salários: de R$ 2.906,66 a R$ 5.151

Guarda Civil Metropolitana de São Paulo
725 vagas de guarda civil metropolitano de 3ª classe (nível médio)
Salário: R$ 855

Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo

326 vagas de nível médio, técnico e superior
Salários: de R$ 777,50 a R$ 2.889,19
Organizadora: Instituto Cetro

Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual de São Paulo (Iamspe)

150 vagas para enfermeiro (nível superior)
80 vagas para fisioterapeuta (nível superior)
10 vagas para fonoaudiólogo (nível superior)
4 vagas para psicólogo (nível superior)
3 vagas para físico (nível superior)
2 vagas para histoquímico (nível superior)
250 vagas para técnico de enfermagem (nível técnico)
8 vagas para técnico de laboratório (nível técnico)
Salários:
R$ 1.018,08 para técnico de laboratório
R$ 1.091,52 para técnico de enfermagem
R$ 1.601,96 para psicólogo, histoquímico, fonoaudiólogo e físico
R$ 2.001,96 para fisioterapeuta
R$ 2.180,82 para enfermeiro

Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo
129 vagas para técnico de nível superior (R$ 2,6 mil)
304 vagas para agente socioeducativo (nível médio) (R$ 1,6 mil)
8 vagas para assistente administrativo (nível médio) (R$ 988)
Salários:
R$ 2,6 mil para técnico de nível superior
R$ 1,6 mil para agente socioeducativo
R$ 988 para assistente administrativo

Instituto Brasileiro de Colonização e Reforma Agrária (Incra)
70 vagas para técnico em reforma e desenvolvimento agrário (nível médio)
250 vagas para analista em reforma e desenvolvimento agrário (nível superior)
150 vagas para analista administrativo (nível superior)
80 vagas para engenheiro agrônomo (nível superior)
Salários: não informados

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
200 mil vagas para recenseador (nível fundamental)
Salário: pago por produção
Organizadora: Fundação Cesgranrio

Instituto Brasileiro de Museus (Ibram)
50 vagas para assistente técnico I (nível médio)
90 vagas para analista I (nível superior)
115 vagas para técnico em assuntos culturais (nível superior)
39 vagas para técnico em assuntos educacionais (nível superior)
Salários: não informados

Instituto Evandro Chagas e Centro Nacional de Primatas
61 vagas para pesquisador em saúde pública (nível superior)
21 vagas para tecnologista em pesquisa e investigação biomédica (nível superior)
45 vagas para analista de gestão em pesquisa e investigação biomédica (nível superior)
5 vagas para especialista em pesquisa e investigação biomédica em saúde pública (nível superior)
145 vagas para técnico em pesquisa e investigação biomédica (nível médio)
115 vagas para assistente técnico de gestão em pesquisa e investigação biomédica (nível médio)
Salários: não informados

Instituto Nacional do Seguro Social
500 vagas para perito médico previdenciário (nível superior)
Salário: R$ 4,1 mil

Ministério da Cultura
226 vagas para agente administrativo (nível médio)
27 para analista administrativo (nível superior)
Salários:
R$ 2.643,28 para nível superior
R$ 2.067,30 para nível médio

Ministério Público do Estado de São Paulo
900 vagas para assistente jurídico (nível superior em direito)
Salário: cerca de R$ 3,7 mil

Ministério dos Transportes
70 vagas para agente administrativo (nível médio)
100 vagas para analista técnico-administrativo (nível superior)
Salários:
Cerca de R$ 2,5 mil para nível superior
Cerca de R$ 1,9 mil para nível médio

Polícia Civil de São Paulo
217 vagas para agente de telecomunicações (nível médio)
60 vagas para delegado (nível superior em direito)
Salários:
R$ 4,2 mil para delegado
R$ 2,3 mil para agente de telecomunicações

Polícia Federal
2 mil vagas de técnico administrativo (nível médio)
1 mil de analista técnico administrativo (nível superior)
Salários:
Técnico administrativo: R$ 1,7 mil
Analista técnico administrativo: R$ 2,8 mil

Polícia Militar do Espírito Santo
650 vagas de soldado (nível médio)
Salário: até R$ 1.9 mil

Polícia Militar de São Paulo
250 vagas para soldado feminino (nível médio)
Salário: R$ 2 mil

Polícia Rodoviária Federal
Pelo menos 2 mil vagas para agente administrativo (nível médio)
Salário: R$ 2,5 mil

Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo
124 vagas para analista administrativo (nível superior)
22 vagas para psicólogo (nível superior)
405 vagas para oficial administrativo (nível médio)
Salários: não informados

Secretaria de Economia e Planejamento do Estado de São Paulo
125 vagas de analista em planejamento, orçamento e finanças públicas (nível superior)
Salários: de R$ 3,8 mil a R$ 8.063,53

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
90.083 vagas para professores de educação básica, para jornada de 12 horas, 24 horas, 30 horas e 40 horas semanais (nível superior)
Salários:
Professores de educação básica (12 horas): R$ 454,66
Professores de educação básica (24 horas): R$ 909,32
Professores de educação básica (30 horas): R$ 1.136,65
Professores de educação básica (40 horas): R$ 1.515,53

Secretaria da Fazenda do Estado do Rio de Janeiro

Vagas para fiscal de rendas (nível superior)
Salário: R$ 10 mil

Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo
316 vagas para analista em planejamento, orçamento e finanças públicas (nível superior)
Salário: R$ 3,8 mil

Secretaria Municipal de São Paulo (vagas para o Serviço Móvel de Urgência – Samu)
532 vagas para agente de apoio no setor de transporte e manutenção de automotores (nível fundamental)
Salário: R$ 440

Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo
34 vagas para arquiteto (nível superior)
550 vagas para assistente social (nível superior)
206 vagas para biologista (nível superior)
300 vagas para bioquímico (nível superior)
1.225 vagas para cirurgião dentista (nível superior)
3.241 vagas para enfermeiro (nível superior)
130 vagas para engenheiro (nível superior)
290 vagas para farmacêutico (nível superior)
480 vagas para fisioterapeuta (nível superior)
7 vagas para físico (nível superior)
250 vagas para fonoaudiólogo (nível superior)
10.315 vagas para médico (nível superior)
26 vagas para médico veterinário (nível superior)
209 vagas para nutricionista (nível superior)
580 vagas para psicólogo (nível superior)
371 vagas para terapeuta ocupacional (nível superior)
38 vagas para técnico de reabilitação física (nível superior)
214 vagas para agente de saúde (nível médio)
186 vagas para agente técnico de saúde (nível médio)
16.221 vagas para auxiliar de enfermagem (nível médio)
1.368 vagas para auxiliar técnico de saúde (nível médio)
5.941 vagas para oficial de atendimento de saúde (nível médio)
34 vagas para operador de equipamento hospitalar (nível médio)
30 vagas para técnico de aparelho de precisão (nível médio)
600 vagas para técnico de laboratório (nível médio)
583 vagas para técnico de radiologia (nível médio)
789 vagas para atendente de consultório dentário (nível fundamental)
490 vagas para auxiliar de laboratório (nível fundamental)
142 vagas para auxiliar de radiologia (nível fundamental)
11.743 vagas para auxiliar de serviços de saúde (nível fundamental)
Salários: não informados

Superintendência de Seguros Privados (Susep)
138 vagas para analista técnico (nível superior)
Salário: R$ 12.413,65

Supremo Tribunal Federal (STF)
Vagas e formação de cadastro de reserva para analista judiciário (nível superior)
Salário: R$ 5,5 mil
Organizadora: Cespe/UnB

Tribunal de Justiça de Roraima
11 vagas para analista de sistemas (nível superior)
1 vaga para arquiteto (nível superior)
3 vagas para assistente social (nível superior)
1 vaga para engenheiro civil (nível superior)
1 vaga para engenheiro elétrico (nível superior)
3 vagas para médico (nível superior)
2 vagas para oficial de Justiça (nível superior)
2 vagas para pedagogo (nível superior)
2 vagas para psicólogo (nível superior)
14 vagas para técnico em informática (nível médio)
5 vagas para agente de acompanhamento (nível médio)
Salários:
R$ 2.095,25 (nível médio)
R$ 4.190,40 (nível superior)

Tribunal de Justiça de São Paulo
336 vagas para escrevente técnico judiciário (nível médio)
Salário: R$ 2.760,93

Fonte: http://g1.globo.com/
Marta Cavallini Do G1, em São Paulo

2 comentários:

Vanessa disse...

Espero fazer turmas no Guerra. Vcs já estão programando as novas turmas para estes concursos?? Quanto antes, melhor meu preparo.
Min. do Transportes, Cultura, Ibram terão vagas no RJ???
DPU tbm. é uma boa!!!
Bjssssssss
Vanessa

Professora Raquel Tinoco disse...

Oi Nessa. Não sei ainda. Só volto hoje ao trabalho. Bjs e Feliz 2010.

Tudo começou quando...

meus sobrinhos, e não são poucos, resolveram fazer concurso para o Tribunal de Justiça.

Eu já estava trabalhando como Auxiliar Judiciário, aprovada no concurso de 1993. Pediram-me que desse aulas.

Então nos reuníamos na casa de um deles aos finais de semana e estudávamos. Comecei a elaborar apostilas que eram chamadas por eles de "apostilas da Que-Quel".

Ah, devo dizer que também não foi fácil pra mim.

Sou caçula de uma família com dez filhos.

Meus pais, muito humildes, não podiam fazer mais do que faziam. Todos tivemos que nos virar muito cedo.

Mas eles estavam ali.... movidos de esperança. Me ensinaram que nunca devemos desistir dos nossos sonhos, não importa quantas vezes choremos... não importa se não chegamos em primeiro lugar... não importa se não alcançamos nossos alvos na primeira tentativa... não importam as adversidades... apenas continuem, dizia meu pai. E o via ali, praticando, ele mesmo, tudo o que ensinava.

E segui.

E então, como dizia, comecei a elaborar apostilas que foram ficando famosas... rsrs


No Fórum onde trabalhava, os colegas começaram a pedir que desse aulas. Mudei o local para minha casa e começamos a estudar.

E veio o concurso de 1997. Prova difícil.
Não obtiveram o êxito esperado. Mas não desistimos.

E veio o concurso de 2001. Estava já há algum tempo no TJ e resolvi que precisava mudar de cargo. Precisava passar para Analista. O que fazer? Pedi um mês de licença-prêmio e me tranquei em casa.

Prestem atenção. Tranquei-me!!! O tempo jogava contra mim. Minha licença foi deferida para 1º de julho de 2001 e a prova seria vinte e um dias depois.


Passava os dias lendo Codejrj e Estatuto e gravando a minha própria voz para escutar mais tarde, enquanto fazia outras tarefas.

Estudei o que pude, como pude.


E aí... em 2001 fui aprovada para Analista Judiciário (antigo Técnico Judiciário Juramentado). Gabaritei as questões de Codjerj e Estatuto.

Pouco tempo depois, estava trabalhando, quando um amigo, Vinícius, sabendo que eu havia gabaritado essas matérias, me convidou para dar aulas em Campo Grande-RJ.

Fui, morrendo de medo. Frio na barriga. Mas fui...

Lembra?? Jamais desistir!


Parece que gostaram... Daqui a pouco, ele mesmo , Vinícius, ao ser convidado para dar aulas em um curso da Barra, indicou meu nome para substituí-lo.

E lá fui eu... e assim, foram conhecendo meu trabalho.

Logo, estava sendo convidada para outro curso... e outro... e outro...


E tenho dado aulas desde então. A cada concurso, um novo desafio.

As apostilas da "Que-Quel" foram transformadas em apostilas da Professora Raquel Tinoco.

Amanda, minha sobrinha, está hoje no TJ-PR.

Outros sobrinhos seguiram rumos diferentes, sempre em frente, sempre na direção de seus sonhos. Estão chegando lá.


Meus alunos se tornaram meus amigos e isso me faz seguir.

Meu maior incentivo?? É acompanhar cada resultado e torcer por:

Admares, Alessandras, Alexandres, Alines, Amandas, Andréias, Andrezzas, Anicks, Arianes, Biancas, Bias, Brunos, Calixtos, Carlas, Carlos, Carlinhos, Carolinas, Carolines, Cidas, Christians, Constanças, Cristianes, Daniéis, Danielles, Deises, Denises, Diogos, Drês, Dris, Eneas, Fabíolas, Fábios, Fernandas, Filipes, Flávios, Freds, Giselas, Giseles, Ghislaines, Glórias, Hannas, Henriques, Ianos, Ilanas, Isabéis, Isabelas, Israéis, Ivanas, Ivans, Izadoras, Jackies, Jacques, Janes, Joões, Jeans, Julianas, Kayenes, Kátias, Lenes, Léos, Lúcias, Lucianas, Ludymilas, Luízas, Luzias, Magnos, Marcelas, Marcélis, Marcellas, Marcelles, Márcias, Marcys, Marianas, Marias, Megs, Meles, Mônicas, Patrícias, Pattys, Paulos, Pedros, Pritzes, Rafas, Rafaéis, Raphas, Raquéis, Renatas, Renées, Robertas, Robertos, Rodrigos, Rogérias, Silvanias, Simones, Sérgios, Suelens, Suellens, Tassianas, Tatis, Vanessas, Vicentes, Wilsons....

Deus os abençoe.

não desista!

não desista!

Postagens

Blogs & Sites

 

Proibida a cópia, sem autorização, dos textos, fotos e material de aula aqui apresentados©2009 Professora Raquel Tinoco | by TNB